Buscar
  • Larissa Ferraro

PORQUE ESCREVI O LIVRO MULHERES E SEXO


No princípio, criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia. Havia trevas sobre a face do abismo. Então, disse Deus: Haja luz! E houve luz. Também disse Deus: Haja firmamento no meio das águas e separação entre águas e águas. Fez, pois, Deus o firmamento e águas embaixo e acima do firmamento. Também disse Deus: Ajuntem-se as águas debaixo dos céus num só lugar e assim apareça a parte seca. Apareceu, então, a parte seca. Disse ainda Deus: Haja luzeiros no firmamento para separar o dia da noite. Então apareceram sol, lua e as estrelas. Disse Deus: povoem-se as águas, voem as aves, produza a terra seres viventes. E assim foram criados os animais. Finalmente disse Deus: façamos o homem! Então, homem e mulher foram criados conforme a imagem e semelhança de Deus. Viu Deus tudo o que havia criado e tudo Lhe agradava.


Esse é o nosso Deus. O Deus criador de todas as coisas, o Deus da Bíblia, o Deus que transforma caos em ordem pelo poder da Sua palavra. Disse Deus e tudo foi criado. Através de Sua Palavra, Deus traz luz às trevas, organiza o que parecia sem solução e nos traz de volta ao que Ele planejou para nós desde o princípio.


Começo falando do poder transformador da Palavra de Deus porque foi Ele quem transformou o caos da minha vida e do meu casamento em um relacionamento que traz glória ao Seu nome. Eu e o Júnior estamos muito longe de ser um casal perfeito, somos dois pecadores desesperados pela graça de Deus. Mas Ele tem nos mantido juntos ao longo desses 18 anos de casamento, pelo poder da Sua palavra.


Nos conhecemos na faculdade em 2001. Eu nasci e vivi em São Paulo até o ano 2000. Em junho de 2001, me mudei para Fortaleza e transferi a o curso da faculdade de Administração de Empresas para lá, onde nos conhecemos. Quando Lia, nossa amiga em comum nos apresentou, o Júnior namorava uma colega minha de classe. Ficamos amigos, mas pouco tempo depois essa amizade evoluiu para um beijo quando saímos para lanchar com outros amigos. No mesmo dia, disse para ele que eu não iria ficar com alguém que já tinha namorada. Ele disse que terminaria o relacionamento com ela, mas ainda passou um tempo tentando levar os dois relacionamentos, sem que eu e a outra moça soubéssemos. Mas, como diz o ditado, mentira tem pernas curtas, eu acabei descobrindo e ele foi obrigado a terminar o outro relacionamento. Começamos a namorar e em pouco tempo o Júnior estava morando comigo.


Júnior e eu não éramos cristãos. Não conhecíamos nenhum casal exemplar, e na verdade, casamento era uma palavra que nos trazia desconforto e não tínhamos nenhuma intenção de associá-la a nós. Apesar da realidade de que já estávamos vivendo juntos. Nossos pais também eram descrentes e nunca tiveram nenhuma conversa sobre sexo conosco. Por outro lado, fomos expostos à pornografia desde criança.


O que aprendemos sobre sexo tinha vindo de filmes, novelas e amizades sem nenhuma base cristã. Vivíamos da maneira que muitos casais vivem ainda hoje. Nos relacionávamos com objetivo de satisfação pessoal e tínhamos o objetivo de ficar juntos enquanto fosse vantajoso para cada um de nós. Não existia amor, até porque naquela época nós nem sabíamos o que era amor de verdade.


Era um caos. Dois pecadores, egoístas, perdidos e o pior de tudo, cegos. Não éramos capazes de enxergar e entender a nossa realidade. Mas Deus... Essas são as minhas duas palavras preferidas da Bíblia: Mas Deus! Elas sempre vêm depois de afirmações tristes sobre nossa realidade caída e nos mostram que Deus é capaz de transformar qualquer coisa.


Mas Deus, por causa do grande amor com que nos amou, estando nós mortos em nossos delitos e pecados, nos deu vida juntamente com Cristo, pela graça fomos salvos! É o que diz Paulo na carta aos Efésios e foi o que Deus fez comigo e com o Júnior. Ele nos encontrou mortos em nossos pecados e pela Sua graça nos salvou e vem transformando até hoje. Ele pegou a bagunça que era nosso relacionamento e transformou em um casamento para glória Dele.


Em 2008, o Júnior foi salvo e eu em 2010, graças a Deus. Depois de muita luta, desentendimento, adultério e mais uma lista enorme de outros pecados vividos ao longo de sete anos ele e nove anos eu, Cristo nos aceitou. Até essas épocas, vivíamos desagradando a Deus, mas sem consciência de tudo isso. Quando Deus abriu nossos olhos, começaram conflitos internos em muitas áreas de nossas vidas porque reconhecemos que muitas coisas que fazíamos não agradavam a Deus.


Na maioria dos assuntos, é fácil encontrar um cristão maduro para pegar conselhos, mas quando o assunto é sexo parece que estamos falando de pecados imperdoáveis. Ouvimos muito dentro da igreja as coisas que Deus não aprova na sexualidade. Mas se essas são as formas erradas, quais seriam as certas? Essa questão vivia em minha mente e eu simplesmente não sabia aonde estava a resposta. Graças a Deus pela crise que Ele permitiu que nosso casamento passasse em 2010, o que usou também para me mostrar o meu pecado, me levando ao arrependimento para salvação. Durante esse período eu tive o primeiro contato com a Palavra de Deus aplicada de forma prática à minha vida. Foi em uma conferência sobre a praticidade da Bíblia, onde um mundo novo me foi ensinado.


Aprendi, a partir de então, que a Bíblia tem todas as respostas aos problemas não-orgânicos do ser humano. Aprendi sobre o papel da esposa como Deus criou, aprendi sobre comunicação, aprendi a lidar com depressão, com medo e aprendi sobre as verdades do sexo no casamento. Meu Deus! Que maravilha! Minha vida foi transformada a partir daquele momento. Encontrei minha razão de viver: a glória de Deus. E para minha grande surpresa, aprendi que o relacionamento sexual dentro do casamento traz glória a Deus.


Aquela conferência foi a porta de entrada no Aconselhamento Bíblico. Meu ministério e minha grande paixão, que me levou em 2014 a iniciar o mestrado no Faith Seminary em Lafayette, nos EUA. Ao longo do mestrado, tive a oportunidade de criar um estudo sobre sexo no casamento para mulheres e ensinar em diversos locais. Isso me mostrou o quanto as mulheres estavam sedentas por informações nessa área e me despertou para escrever o livro Mulheres e Sexo. Em 2017, conclui o mestrado e como trabalho de conclusão, escrevi o livro.


Como no relato bíblico de Gênesis 1, Deus transforma caos em vida, luz e glória para Seu próprio nome. O assunto sexo está hoje mergulhado em um caos, que só Deus é capaz de redimir. O mundo grita essa palavra por todo lado. Televisão, revistas, outdoorse até a moda é pensada para atrair sexualmente, para despertar desejo sexual. Tudo isso faz com que meninos e meninas muito jovens iniciem o relacionamento sexual muito cedo, sem entender nada sobre o verdadeiro papel da intimidade entre um homem e uma mulher. Inclusive, até esse ponto básico da ordem de Deus não é mais respeitado. Essa iniciação precoce é um dos fatores que influencia os desentendimentos no relacionamento sexual dos casados. Igualmente prejudicial ao futuro casamento é o relacionamento com múltiplos parceiros, ou até envolvimentos homossexuais na juventude. Essas práticas deixam marcas profundas, que podem continuar por uma vida inteira na memória das pessoas que se envolvem com elas. Mas Deus... Deus é capaz de transformar tudo isso.


Meu objetivo com o livro é ajudar mulheres que, como eu, não tiveram informações corretas sobre sexo no casamento e passaram dificuldades por causa disso. Desde que aprendi sobre as verdades de Deus sobre sexo no casamento, decidi que iria trabalhar para ensinar isso ao máximo de mulheres que eu pudesse.


O livro Mulheres e Sexo cumpri o papel de estar ao lado de mulheres que precisam de ajuda nesse assunto, quando eu não puder estar. Também tenho o objetivo de auxiliar pastores e líderes homens, que aconselham sem uma mulher ao lado. Sei que o assunto sexo ainda é um tabu nas igrejas, infelizmente, e que existe constrangimento de um homem ensinar esse assunto para uma mulher. Nesses casos, o conselheiro só precisará indicar o livro e eu serei a conselheira parceira de meus irmãos em seus ministérios em qualquer lugar do mundo.


(O livro pode ser comprado aqui na loja do site www.larissaferraro.com/loja )

262 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo